Os blogs de Abrantes e outros sites...

Um destes dias, depois de ter passado a ter um pouco mais de tempo para pensar noutras coisas, pós Facebook, lembrei-me de pesquisar sobre blogs e outros sites relacionados com #Abrantes, a minha cidade. E revisitei alguns...

Para minha tristeza, verifiquei que a totalidade dos blogs que costumavam ser bastante movimentados e interventivos na comunidade há uma década atrás, pararam no tempo e mais não são do que a lembrança desses tempos em que pessoas de boa vontade se lançavam na Internet e tentavam, de várias formas, intervir social e livremente na comunidade. Quase todos morreram, falecendo vítimas do facilitismo e da padronização monocromática imposta pela tendência para seguir a moda ditada pela empresa Facebook.

Dizer que morreram será muito... Talvez... Mudaram, evoluíram. Mas será que mudaram e evoluíram para melhor? Não creio que seja este o caso.

Não é de agora, nem fenómeno exclusivo da Internet, este, da redução e, talvez, simplificação, seleção natural, como lhe queiram chamar, neste caso aplicada à Internet. Mas será mesmo assim?

Esta padronização não trouxe mais cor, variedade, riqueza e interesse ao universo digital. Pelo contrário: esta adaptação a padrões fixos, externos, descorou o arco-íris que caracterizava o universo digital abrantino.

Uma das poucas exceções a esta depauperação é o blog «O meu escritório é lá fora» (https://www.omeuescritorioelafora.pt/), várias vezes premiado, de Carlos Bernardo, abrantino, criativo e amante de viagens, que no seu blog nos leva a acompanhá-lo nas suas agradáveis viagens, cá dentro e lá fora.

Aconselha-se uma visita calma, de modo a desfrutar das paisagens e aventuras ali relatadas.

Quanto aos outros, aos moribundos, resta esperar que os seus dinamizadores os reanimem e lhes devolvam a vida e alegria de antanho.